Os 5 petiscos mais escalados para acompanhar a cerveja

Nada como sentar em uma roda de amigos, tomar uma boa cerveja, e saborear um bom petisco. Há pouco tempo, eu e uns amigos começamos a discutir sobre quais seriam os melhores petiscos para acompanhar uma cerveja. Na verdade, todo mundo estava com as mesmas opções na cabeça, é um gosto popular.

Como isso daria um bom post, resolvi escalar os 5 petiscos para acompanhar a cerveja, são eles:

Amendoim Japonês

O acompanhamento mais barato e prático, normalmente servido gratuitamente em cumbucas onde milhares de pessoas (inclusive as que coçaram o saco) passam a mão todos os dias. Além de ter aparência boa, depois de várias cervejas, é um ótimo acompanhamento para quem não tem dinheiro pra coisa melhor.

Veja o restante na continuação

Calabresa Acebolada

É aquela que chega na mesa com uma marofa de cebola. No começo o povo vai comendo aos poucos, timidamente, mas devoram até as últimas migalhas. É salgado o suficiente para você tomar o dobro de cervejas.

Batata Frita

Quem é que não gosta de uma porção de fritas, vai bem até acompanhando água suja. A cor normal da batata frita é amarelinha, porém, é difícil achar alguma que não tenha passado pelo óleo re-re-re-re-re-re-re-re-utilizado.

Bolinho de Bacalhau

Esse é caro, mas a parada é muito boa. Pra quem tá querendo comer uma coisa saborosa, é uma boa escolha (verifique seu bolso antes de pedir). Se você não conhece nada de bacalhau, provavelmente comerá bolinho de batatalhau, ou seja, mais batata que bacalhau.

Camarão Frito

Opa! Camarão frito equivale ao “bacon” do mar. É caro também (pelo menos pra mim), mas vale cada centavo. Só tome cuidado para não trocar a porção de camarão por várias outras cervejas, não é uma boa troca.

Mas eu digo uma coisa, nada disso combina se não estiver assistindo um bom Futebol. Ainda mais agora, com o Mano Menezes no comando da Seleção Brasileira. Esse sabe realmente o que escalar:

A novidade é que, depois de ganhar um selo internacional na Europa, a Kaiser também já foi escalada pelo Mano Menezes.